quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Um ano depois


Há um ano, fomos buscar o Gastão, senão seria eutanasiado pelo dono. Ao contrário da Clarinha, que tem a mesma doença, apenas uma cirurgia foi suficiente para o pôr novamente saudável e nunca mais ter nenhuma crise. Nem nunca teve mau feitio, nem nunca atacou ninguém... Enfim, é um gato fantástico que ainda espera a sua casa definitiva, com gente decente dentro.

3 comentários:

PERSEVERÂNÇA disse...

Passando para deixar um beijinho no seu coração!!
Nicinha

Rui Cláudio Dias disse...

Adorei o vosso blog. Bem haja o trabalho que fazem. Fiquei muito sensibilizado com o gastão :-( Será que se dá bem com outros gatos?

Tantos gatos! disse...

Obrigada <3